Reflexos de uma realidade

Amanda Rossetto

Vive-se em uma época cinzenta, poluída de ambigüidades e incertezas. Prós, contras, preto, branco, tudo se dilui em um condensado de diferenças dando o tom dual que permeia a realidade. Auto-proclamados contadores da verdade difundem-se na malha social a inebriar a massa cinzenta da população. Porém, ao contraporem-se as certezas de dogmas opostos, aumenta-se a dúvida quanto à veracidade dos discursos propagados e muitos são levados a questionar qual, de fato, é a realidade.

A realidade é diversa. Deus pode ser Allá, ou inominável, ou inexistente. Apesar de parecerem contraditórias, a certeza monoteísta da existência de um único Deus (por uns) não afeta a veracidade da crença atéia em Sua não-existência (por outros). No universo pessoal, as próprias crenças são a realidade, chegando esse endemismo do real ao ponto de aparentemente desmentir a realidade, relativizando-a. É essa realidade subjetiva, que transporta, do psicológico à macro-realidade social, a própria versão dos fatos, a matriz dos princípios e, logo, da discórdia – sendo versão a palavra-chave da sentença.

A realidade é única. Ela corresponde ao conjunto de ações e reações em escala universal. Apesar de a realidade individual ser a verdade absoluta de cada um, os fatos ocorridos são a realidade comum a todos. Isso não torna o psicológico menos real a quem o experimenta, mas também não o torna realidade. Apenas faz dele uma versão dos acontecimentos, sem alterá-los. A ação sob o princípio da realidade subjetiva é o único modo de alterar a realidade concreta. Ainda assim o motivador do fato seria o psicológico, não o acontecimento em si.

A realidade é única, sua interpretação é inúmera. Sob vários prismas pode ser enxergado um fato – sob a luz da realidade a verdade se revela. Por vezes, verdades diferentes, diferentes imagens de um mesmo fato, se revelam a diferentes observadores. Contudo o fato é o mesmo, e a luz uma constante. Isso é a realidade. O restante é apenas seus reflexos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s