Recados ao futuro

 Na pior das hipóteses, escrevemos para nós mesmos. E isso nem é de todo ruim, pelo contrário.

 A escrita, inda que truncada, inda que trôpega, inda que ambivalente, pode revelar traços de uma personalidade que, justamente por ser truncada trôpega ambivalente (sem as vírgulas!) às vezes deixamos para trás, esquecidas perdidas para sempre, para o inconsciente sombrio que nos mina em vez de nos rimar.

 Nossos textos não precisam sempre ter uma lógica externa, uma regra mandato a que tenha de seguir a que tenha de imitar; nossos textos podem ser aquilo que nós somos no momento, com as preciosas imperfeições que um dia se revelarão mais autênticas e verdadeiras que qualquer estrutura lógica que não compreendemos devidamente.

 As estruturas devem nos apoiar, não nos conduzir.

 Precisamos aprender a caminhar com nossas próprias pernas.

 Às vezes surgem tantos assuntos para tão pouco texto.

 Não importa. Escreva mesmo assim. Se você é jovem como o Samuel, que acabou de criar um blog no qual está depositando diversas ideias e impressões, faça como ele: não se preocupe excessivamente com vírgulas mal empregadas ou com a forma incorreta do verbo “ver” no futuro do subjuntivo. Tudo isso pode ser corrigido, claro. Por isso menos, tudo isso tem uma importância menor por enquanto.

 Não que o texto tenha de ser relaxado, não que devamos buscar a forma preguiçosa q vc axa por ae…

 Mas não usemos um pequeno erro para encobrir uma grande virtude.

 Jovens, mãos à massa!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Recados ao futuro

    • Jota, aproveite o embalo. Assuntos sobre os quais escrever, você tem um monte. Basta pensar nos clubes que mais o marcaram.

      E, poxa vida!, estou lhe devendo uma resposta.

      Bem lembrado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s