Ilusórias Expectativas

de  Érica Y. de Oliveira.

   Maquiavel escreveu a famosa obra O Príncipe na tentativa de propor soluções aos problemas vigentes em sua nação, visando torná-la forte e grandiosa. Porém, suas expectativas não foram cumpridas, já que a Itália da época não possuía verdadeiramente todas as qualidades que lhe eram atribuídas. Esse tipo de acontecimento, no qual espera-se mais de uma pessoa ou nação, ocorreu inúmeras vezes ao longo da história, e possivelmente, dentro de alguns anos, poderá ser aplicado ao Brasil e seu suposto potencial de líder do desenvolvimento sustentável.

   A característica de país preocupado com o meio ambiente, imagem atual do Brasil, não deve ser encarada como qualidade plenamente verídica. Deve-se atentar ao fato de que o Brasil ainda na é um país completamente desenvolvido ou industrializado. Consequentemente ainda não explorou seus recursos naturais plenamente e é dessa forma que consegue manter baixos níveis de poluição e degradação ambiental perante o resto do mundo.

   Na escala global, também se pode notar que, devido à industrialização tardia, economia ainda em crescimento e pouca voz em órgãos internacionais, o Brasil não conseguiria impor suas vontades perante países do “1º Mundo”. Estados Unidos, Alemanha e Inglaterra ao alguns exemplos – países economicamente fortes, muito industrializados e que, ao longo de reuniões internacionais como a ECO-92, protelaram na tomada de medidas efetivas para preservar o meio ambiente.

   A preservação encontra inúmeras barreiras assim como o Brasil perante o globo. Porém, no âmbito nacional há algumas ainda mais complexas: o incentivo a produtos com selo sustentável é visto como necessário, apenas para melhorar as vendas ou promover alguma mercadoria. Remove-se o conteúdo altruísta da ação, que passa a ser mero negócio. A existência desse tipo de conduta mostra o quão despreparada está a mentalidade do brasileiro.

   O Brasil ainda não está pronto para sustentar um título como o de líder em sustentabilidade, suas bases ainda estão frágeis e o planejamento ainda não é levado a sério. Como resultado, aceitar tal título seria um desrespeito tanto para com o mundo, quanto para com a nação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s