Janelas e portas

 Tinha acabado de ler um belo parágrafo, mas se viu obrigado a interromper a leitura. Nos olhos, uma pequena ardência talvez o incomodasse. Mastigou-os com as pálpebras, procurando um pouco de alívio e sossego.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Janelas e portas

  1. O incômodo aparetemente físico, a ardência nos olhos, parece ir mais além, parece constituir-se como um incômodo de outra ordem (afinal, ansiava por sossego).
    Muito bom. Diz muito com bem pouco.

  2. e saiba… suas letras me aliviam e sossegam =]

    vc deveria se dedicar mais a microcontos pra me fazer um capricho, sempre entro aqui, mas nem sempre posso deter minhas retinas , principalmente se o texto for longo…pq não consigo ler como quem engole..e aí o tempo passa e qd eu volto, já se passou tempo demais… com microcontos, degusto e não me culpo…afinal não fará tanta diferença no atraso do meu tutorial… =]

  3. Talvez o próprio livro o incomodasse… quantas vezes não sentimos aquela vontade de gritar, de nos esconder ou de sumir quando nos deparamos com um texto contestador ou com um texto que nos questiona sobre a nossa própria alma e consciência? Talvez ele estivesse diante de um texto dessa ordem… a leitura o desassossegava.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s