Colheita

como se fosse possível voar
ali sentindo o cheiro da terra
misturar-se a seus cabelos

ali ouvindo o ar quente da
tarde fundindo-se com
a brisa úmida da noite

e a chuva que vem
para colorir o desejo
nunca gasto em vão

Anúncios

Um pensamento sobre “Colheita

  1. Gostei muito das sensações que se mesclam para compor o quadro. Confesso que a supresa (escondidíssima) da última estrofe me deixa um pouco… digamos, desconfortável? 🙂 Bonito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s