Metonímicas: Valter sem ego

          Valter sempre foi Valter, um sujeito sem tempero nem cheiro, como ele mesmo diria de si mesmo caso alguém lhe fizesse a pergunta que nunca lhe fizeram. Mas um dia, uma garota, que estava de passagem pelo bairro, ao olhar para aquele sujeito ao qual ninguém dava atenção, comentou com uma amiga que ele tinha um certo ar de Zelig.

         – Mas quem é Zelig? – Valter perguntou a um amigo que ficou sabendo da história.

         – Ora, Zelig – Leonard Zelig é um ator. Tem um filme dele passando no cinema.

         E assim, Valter, que não tinha hobbies, vícios nem mesmo preferências, foi ao cinema ver como era esse tal artista.

         E viu.

         Texto completo aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s