caminhares

Tema: o prazer da conquista (sugerido pelo meu chapa Thiago M, de Matemática).

Criação da antítese primária: prazer da conquista x importância do fracasso.

Estruturas escolhidas:
a) introdução: periférico > tema > tese;
b) demais parágrafos: tópico frasal > desenvolvimento > gancho;
c) conclusão: será estudada nas próximas semanas.

***

        Acertar uma cesta de três pontos no último segundo, ter um texto elogiado pelo escritor favorito, receber o beijo de uma pessoa rara. Sem dúvida alguma, a vida é feita de pequenas grandes conquistas. Um acontecimento banal para quem vê de fora pode ser uma epifania para o sonhador.

        Somos feitos de matéria e sonhos. Ainda que os relógios insistam em nos manter focados em objetivos nem sempre confiáveis, é importante descobrir ou inventar tempo para investirmos naquilo que é verdadeiramente nosso. Por mais meândrico que seja o percurso, por mais pedras que tenha no nosso caminho, viver é errar.

        Não é fácil ser um errante. Escolher os passos, descobrir veredas, enfrentar a contramão sempre trará obstáculos e uma ou outra decepção. Mas isso faz parte. Ninguém descobre uma paisagem inédita obedecendo passivamente todas as instruções do guia de viagem. Arriscar é preciso, assim como é preciso um pouco de cautela. Há matizes por toda parte.

        […]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s